26.4.18

Nuno Soares eleito presidente da Assembleia Intermunicipal

Nuno Soares é o novo presidente da Assembleia Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, tendo sido eleito na quinta-feira, em Seia, na primeira reunião daquele órgão após as autárquicas de 2017.
O deputado municipal de Manteigas sucede no cargo a Mário Jorge Branquinho, tendo obtido 23 votos contra 16 da lista liderada por Amaral Veiga, presidente da Assembleia Municipal de Trancoso. Registaram-se ainda três votos brancos. O fundanense Luís Lourenço (vice-presidente) e o guardense Luís Aragão (secretário) são os restantes elementos da nova mesa da Assembleia Intermunicipal, que aprovou duas recomendações, ambas apresentadas por Albino Bárbara (Celorico da Beira), sobre a exploração do lítio na região e a mina de urânio a céu aberto em Retortillo (Espanha). Os deputados aprovaram ainda moções, aprovadas por unanimidade, em defesa do Laboratório de Saúde Pública da Guarda e de apoio à candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027, apresentadas por Albino Bárbara. Já Ângela Guerra (Pinhel) e Rogério Hilário (Fundão) subscreveram outra moção de «solidariedade» para com as populações afetadas pelos incêndios, pedindo «tratamento igual para todos os afetados, independentemente do local e altura da ocorrência». A Assembleia Intermunicipal votou também pela continuidade em funções dos secretários executivos da Comunidade intermunicipal. O novo mandato de António Ruas (PSD) e Carlos Martins (PS) foi validado com 20 votos a favor, 14 votos contra e seis votos em branco.

in http://www.ointerior.pt

12.2.18

12 KMS MANTEIGAS – PENHAS DOURADAS (XXXVI Edição )

Aceda aqui ao formulário de inscrição.

No dia 11 de Março será realizada a XXXVI edição da Prova 12 Kms Manteigas - Penhas Douradas, por iniciativa do CCD dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Manteigas. A “corrida de montanha mais antiga do país” inclui prova de montanha de 12 kms, prova de BTT e cicloturismo de 7 kms e uma caminhada de 7 kms. 
A iniciativa, que tem inscrições abertas até ao dia 7 de Março, tem a vertente de Corrida Solidária da APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. A Prova 12 Kms Manteigas - Penhas Douradas tem em disputa troféus e prémios monetários para os 10 primeiros da geral, 3 primeiros de cada escalão e 3 melhores equipas. Haverá ainda prémios de participação para atletas (medalha), caminheiros e BTT Cicloturismo (t’shirt). 
A XXXVI edição da Prova 12 Kms Manteigas - Penhas Douradas tem os apoios da Câmara Municipal de Manteigas, Manteigas - Trilhos Verdes, da APAV, da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada, do Circuito Nacional de Montanha e da Terras de Aventura.

in http://www.jornalaguarda.com

3.2.18

Construção de Hotel Vila Galé aguarda parecer da Direcção-Geral de Geologia

O concelho de Manteigas vai ter em breve novos hotéis, estando uns em construção e outros a aguardar por autorização para as obras se iniciarem. De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho, neste momento estão em curso obras de requalificação da Pousada de São Lourenço e de construção do Hotel da Fábrica. Quanto ao projecto de construção do Hotel Vila Galé Serra da Estrela, o início das obras está dependente do parecer da Direcção-Geral de Geologia, uma vez que a obra “estará praticamente licenciada”. Esmeraldo Carvalhinho espera “ardentemente” que o parecer em falta seja positivo, pois com a entrada em funcionamento dos novos Hotéis “Manteigas vai ter mais visitantes”. O autarca admite que a candidatura do Vale Glaciar do Zêzere às 7 Maravilhas de Portugal “fez com que Manteigas desse um salto positivo” na divulgação das suas potencialidades e os operadores turísticos passaram a olhar para o concelho com “mais apetite”.
O grupo Vila Galé refere na sua página na Internet que “um novo conceito irá nascer em pleno Vale Glaciar do Zêzere, no Município de Manteigas”. O Vila Galé Serra da Estrela “será um Hotel de montanha, com 81 quartos, no qual serão investidos cerca de 6 milhões de euros”. “Localizada junto ao viveiro das trutas, esta unidade terá ainda piscina exterior aquecida, um restaurante, lobby bar, spa, salão de eventos e estacionamento”, acrescenta. O Hotel da Fábrica surge por iniciativa do empresário João Clara. A unidade hoteleira, em fase final de construção, está situada em Manteigas, na Quinta de Santa Clara, local onde laborou durante anos a empresa Ecolã. “O nosso Hotel é o resultado de um projecto antigo que complementará o trabalho que tem sido feito por nós. A Ecolã quer diversificar a sua actividade e este conceito de sustentabilidade vai abrir portas a outras apostas complementares”, explicou recentemente ao Jornal A GUARDA, o empresário João Clara, responsável pelo empreendimento. O Hotel terá um público-alvo que “privilegie um conceito consciente, sustentável e de respeito pelo meio ambiente”. O projecto tem na água, na madeira, no burel e na lã “os elementos que farão deste Hotel um Hotel que conte uma História”, baseada na preservação dos valores e costumes da Serra da Estrela. “Procurando nos recursos que a nossa região nos proporciona uma base para o nosso projecto rapidamente percebemos que a associação à lã e ao Burel seria uma ligação lógica”, adiantou João Clara. O Hotel da Fábrica contará com 18 quartos e duas suites, uma piscina interior aquecida e um SPA.


in http://www.jornalaguarda.com

2.2.18

Concelho possui os geossítios mais importantes da Serra da Estrela



Manteigas tem no seio do Geopark Estrela o maior número e os mais importantes geossítios da Serra da Estrela. É aqui que se concentra o maior potencial dessa candidatura”, disse o presidente da Câmara Municipal de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho, a propósito da candidatura do Geopark Estrela junto da UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Questionado na sexta-feira, dia 26 de Janeiro, pelos jornalistas, durante a conferência de imprensa de apresentação da ExpoEstrela 2018, sobre se o seu concelho deverá acolher a futura sede do Geopark, o autarca referiu que essa questão não se coloca neste momento, uma vez que a candidatura está a decorrer, mas “é uma questão que se há-de discutir a seu tempo”. Lembrou que ficou acordado que enquanto a candidatura decorrer o assunto da sede não será discutido, no entanto, reconhece que o seu concelho é o que “tem mais geossítios de maior importância” e é também “o mais central do território do Geopark”. Lembrou ainda que Manteigas possui o Vale Glaciar do Zêzere que foi candidatado às 7 Maravilhas de Portugal. O autarca admitiu que quando a questão da sede se colocar, haverá uma disputa e espera que “haja bom-senso, para haver uma decisão justa nesta questão”.
Recorde-se que a Associação Geopark Estrela entregou no ano passado a candidatura da Serra da Estrela a Geopark Mundial da UNESCO. A decisão formal da UNESCO sobre a classificação do Geopark Estrela deverá ser conhecida “entre Setembro de 2018 ou a Primavera de 2019”, segundo Emanuel de Castro, Coordenador Executivo da Associação. O território que é candidato a Geopark Estrela tem 2.216 quilómetros quadrados de área e 170 mil habitantes. A criação do Geopark Estrela resulta de uma parceria do Instituto Politécnico da Guarda (IPG) com a UBI - Universidade da Beira Interior e com os Municípios de Gouveia, Manteigas, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Guarda, Seia, Oliveira do Hospital, Covilhã e Belmonte, nos distritos da Guarda, de Castelo Branco e de Coimbra. Os trabalhos da candidatura começaram em 2014. Em 2015, foi assinado o memorando de entendimento com os Municípios e, no ano seguinte, foi criada a Associação Geopark Estrela, que tem sede na Guarda, nas instalações do IPG.



in http://www.jornalaguarda.com

21.1.18

Dia Mundial da Neve celebrado com crianças e pessoas com deficiência intelectual

O Dia Mundial da Neve, que se assinala hoje, vai ser comemorado em Portugal com uma prova mista entre crianças e portadores de deficiência intelectual, na pista artificial do SkiParque, em Manteigas. A iniciativa Unified vai juntar, entre as 9:30 e as 14:00, alunos de escolas que estão a participar no Pizza Hut Ski4All e duas instituições que integraram o Special Ski, programas de promoção do esqui e do snowboard, mediante o pagamento de um valor simbólico de um euro.
Pedro Farromba, presidente da Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP), que todos os anos tem comemorado o Dia Mundial da Neve com “uma actividade diferenciadora”, quer mostrar que estes são desportos “para todos”. “A ideia é mostrar que os desportos de inverno são modalidades para todos. Quisemos juntar as crianças numa festa, comemorando um dia que se pretende especial para quem gosta dos desportos de inverno, com o objectivo de os por a confraternizar uns com os outros, para que todos percebam que todos são especiais”, frisou Pedro Farromba, em declarações à agência Lusa.
A iniciativa consiste em formar equipas mistas, com crianças das escolas e utentes das instituições, e fazer uma prova cronometrada, mas em que todos vão ser medalhados. “No fundo, a ideia é que todos ganhem”, acentuou o presidente da FDIP.
O Pizza Hut Ski4All é apoiado pelo Programa Nacional Desporto para Todos e decorre também no âmbito do programa ‘Bring Children To The Snow’ [Tragam as Crianças Para a Neve], da Federação Internacional de Esqui (FIS).
Este ano o número de vagas aumentou para 2.100 e, pela primeira vez, foram contempladas 300 pessoas portadoras de deficiência intelectual. O Dia Mundial da Neve é promovido pela FIS e conta com 523 eventos realizados em 46 países.



in http://terrasdabeira.gmpress.pt